Iyeoka

Captura de Tela 2014-02-13 às 18.06.42

Hoje o post é uma delícia de estar escrevendo a respeito!

Essa mulher (virou minha DIVA!), sabe como fazer uma música! Sabe como criar um clima lindo entre letra e melodia, por isso suas músicas soam tão bem aos ouvidos! Digo com tranquilidade que essa é a minha musa do momento do estilão que eu particularmente sou vidrada, o R&B. Gosto desse estilo quando quero fazer algo mais calmo e mais digamos, chique. Acho que deixa o ambiente mais charmoso onde tem esse estilo rolando ao fundo. E com ela, certamente esse clima charmoso está feito! 

Iyeoka é nascida em Boston e até onde eu sei ela continua morando lá. Felizes são aqueles que a tem por perto e tem acesso fácil aos seus shows! Eu digo que tenho MUITA inveja desses felizardos, porque no mínimo isso é muito verdadeiro! Bom… Mas vamos falar dela e não de mim… Ela tem 3 albúns lindíssimos inteiramente a sua disposição, e eles são: Black & Blues (2004), Hum the Bass Line (2007) e  Say Yes (2010)!

Falei no vídeo que se encontrasse o Torrent da discografia dela eu disponibilizaria, porém, não o encontrei! Então vou disponibilizar mesmo apenas o seu último álbum Say Yes, ok?

Say Yes: http://turbobit.net/21u8p7dx2ney.html

E até o próximo post, com muito mais! Beijo grande!


Mistureba Brasileira

Hoje o post surpreende a mim mesma. Por que? Venha descobrir…

É realmente difícil eu escutar música brasileira. Aí as pessoas me perguntam: “Mah, mas é porque tu não gosta de música brasileira mesmo?”. E a minha resposta é muito clara e objetiva sempre: “Prefiro o inglês cantado ao português cantado”. Parece preconceito contra a minha própria língua, mas é apenas porque acho mais “harmonioso” o inglês cantado que o português cantado. Eu sei que no final é ridículo pensar assim… Mas conheço muita gente que concorda comigo, então no final não me acho tão esquisita de pensar isso.

Mas enfim… Que há grandes compositores nesse país, aaaah isso há! Amo basicamente todos do MPB que são bastante conhecidos. Mas esse post me surpreende porque além de ser música brasileira – são músicas de artistas totalmente desconhecidos de você e de mim. Quer ver? Eu conheci o artista Castello Branco e me A-PAI-XO-NEI pela pessoa e a voz dele e a forma como compõe é de outro mundo… É uma delícia! E com ele eu passei a conhecer mais alguns artistas maravilhosos! E pensando em divulgar esses trabalhos, eu montei um álbum para você baixar e escutar um pouco de todos esses lindões.

Espero que você se permita mais a conhecer os grandes artistas que temos em nosso país e que nem são tão conhecidos assim, e que estão fazendo trabalhos maravilhosos por aí! Eu vou tentar dar mais foco de agora em diante também nos nossos queridos artistas brasileiros e passar tudo isso pra você aqui!

Um beijo e até o próximo post!

Álbum: http://www.mediafire.com/download/hmhi36gmh6ov0vb/World.Music.Love%20-%20Discografia%202014%20(%40marcelaw87).zip


Ben Sollee

Ben Sollee

Hoje o post é bem especial, pois esta banda (ok, cantor) é muito especial para mim! É difícil e ao mesmo tempo fácil falar sobre as bandas das quais a gente realmente ama, mas é complicadíssimo explicar ou mesmo expressar em palavras os tantos sentimentos que eles causam dentro da gente! Talvez a melhor forma de dizer o porque eu gosto tanto deste  cantor é porque ele me lembra muito alguém especial, e é agradável escutar um som e associar a alguém que a gente ama, não é verdade? Pois bem… Já falei do porque este post é especial… Agora vamos falar um pouco sobre esse lindo do Ben Sollee! 

Esse americano de voz macia e que me lembra MUITO a voz do Ben Harper (somehow!) me encanta com a mistura de Jazz/Folk/Blues, é simplesmente sensacional! Simplesmente belo pela simplicidade das melodias e o toque todo gracioso de sua voz. Sei lá, fico fascinada toda vez que escuto qualquer uma de suas músicas! Dá vontade bem no interior do meu ser, de adota-lo só pra mim, tipo, para toda vida! Haha. Até porque ele mesmo como pessoa é um fofo! Bom, ele possui alguns álbuns mas os que mais me “aprofundo” na apreciação são os “Half Made Man” e “Learning to Bend“, e são esses que irei disponibilizar para você!

Bom, não me resta mais explicações para dar a você de que tu PRE-CI-SA baixar os álbuns e escutar com atenção! Seus pensamentos irão voar, seus ouvidos se deliciar, e sua voz vai querer cantar. Eu sei de tuuuudo isso! Hahaha! Baixa, baaaaixa!

Half Made Man: http://uploaded.net/file/51zi3y02

Learning to Bend: http://kickass.to/ben-sollee-learning-to-bend-2008-t362725.html


The Shins

Captura de Tela 2013-12-02 às 22.10.40

Hoje o post vai ser sobre uma banda que voltei a escutar na semana passada. Sim, aquele momento que tu para pra bisbilhotar suas pastas no iTunes e re-descobre o prazer em escutar determinado som, e eu tive esse super prazer ao escutar The Shins.  

The Shins é uma banda com pegada meio pop mas o folk está bem presente em todas as suas melodias… E que rock gostosinho que eles fazem, hein! Desde que me lembro em escutar  The Shins, sempre gostei dessa mistura deles entre o rock/folk/pop, é o que definitivamente dá todo o ar da graça! É uma mistura bem interessante, e particularmente o jeitão deles de bolar as melodias faz com que eu me sinta totalmente seduzida! Haha. Lembro que quando comecei a dirigir The Shins era a minha trilha sonora do dia a dia! Eu adorava ter a sensação de eles estarem me acompanhando pra qualquer coisa que eu fosse fazer na rua, era uma agradável companhia (um tanto “cósmica?!”, eu diria). Lembro que toda vez que tocavam as músicas: “Kissing The Lipless”, “So Says I“, “Fighting In A Sack” e “Young Pilgrims” eu PI-RA-VA cantando com todo meu pulmão! Eram as músicas que definitivamente eu mais curtia deles! Mas enfim… Sabendo que ano passado eles lançaram um novo álbum “Port of Morrow“, o que me resta dizer é: “ELES CONTINUAM MUITO FODA!” (me policio a falar palavrão – só uso para dar ênfase as minhas emoções – mas aprendi que meu pai detesta falta de postura, e uma boa etiqueta é o que deve prevalecer… Então me perdoem pela minha decisão de mandar uma palavra feia aqui. E DESCULPA PAI! Hahaha). Mas é sério, eles continuam sensacionais! Até achei que eles trabalharam mais no pop nesse último álbum (não, isso não é ruim apesar de que pop não sou lá grande fã). Enfim… Baixe a discografia, ok? Só te falo isso. Enjoy!

Discografia: http://thepiratebay.sx/torrent/7119483/


Drew Holcomb & The Neighbors

https://vimeo.com/80295375

De volta a delícia de escrever sobre bandas das quais eu sou apaixonada, sério!

A sensação de estar de volta ao que eu gosto de fazer é gigante e tem um saborzinho todo especial agora eu sendo mãe, e fico naquela coisa de imaginar logo logo a minha filha crescendo e curtindo todas as músicas comigo, inclusive cantando! Me encanta só de imaginar esse dia chegando! Mas enfim… 

Vamos ao que realmente interessa! Vamos falar da primeiríssima atualização da volta! Desses americanos que fazem um som com uma pegada rock/folk/alternativa. Eles tem alguns álbuns já na estrada da vida, mas confesso que conheço apenas dois deles: Chasing Someday (2011) e o Good Light (2013). Os dois álbuns são simplesmente fantásticos! Não são do tipo que você pega pra animar um grupo de amigos em uma festa, a banda é mais do tipo  que move casais apaixonados e que gostam de curtir um som a dois. Pelo menos esse é meu ponto de vista com relação a banda. Eu já estou mega apaixonada por ela, tanto que eu daria tudo pra ir a um showzinho deles agora! Morro de inveja daqueles que podem e estão fazendo isso! No mais, para conhecer mais da banda entre no site deles e vasculhe tudo a respeito deles que você quiser: http://www.drewholcomb.com

E aqui vai o vídeo com a música que mais gosto do último álbum deles “Good Light“, que se chama “Nothing But Trouble“:

Good Light (2013): http://thepiratebay.sx/torrent/8311631/


Ausência – The Shore

É, meu querido leitor… Estou em uma fase de grandes mudanças e com essas mudanças, a minha quase-super-ausência de todas as redes sociais (tudo por uma bela causa, acredite). Não sei de quanto tempo será esta ausência, mas enquanto eu estiver super envolvida em outros assuntos esse blog será super-mega-ultra deixado de lado, mas prometo que não será permanente! E ainda prometo trazer muitos sons legais pra você e me aprofundar novamente nos assuntos musicais, com toda a empolgação de sempre (haha). Eu juro! Mas como a gente não pode dar foco para 1736732 coisas ao mesmo tempo… Eis o motivo da minha ausência temporária, porém (como eu disse), não permanente.

E valendo como uma “última dica”, eu estou voltando a escutar uma banda que me lembra absurdamente o Oasis (do qual sou apaixonada e sinto falta absurdamente de vê-los ao vivo), enfim… É a banda de nome The Shore. É aquela banda que você nunca gostaria de divulgar, porque de certa forma virou seu “xodozinho” e é super pouco conhecida, o que deixa a banda ainda mais interessante, convenhamos! Sou fã das bandas desconhecidas! Acho que parte do meu iTunes e dos 87897475974 CDs que eu tenho, são de bandas completamente desconhecidas. Sou feliz por isso e como uma retardada eu gosto de me orgulhar disso (haha). E vamos aos álbuns dos gatchones? 

Light Years: http://depositfiles.com/files/ir26as5bj

The Shore: http://www.crocko.com/1906825549

Bom, vou dar meu adeus super-mega-ultra-dolorido-com-coração-mega-ultra-apertado agora, se não eu vou me alongar até………………………………………………………..

Beijos!

E aproveite a minha ausência… Porque ainda volto para apavorar isso daqui!


Trilha de Julho!

Você aí em plenas férias (vai, nem todo mundo está), aproveitando o friozinho a seu modo… E a música de algum modo entra no contexto. Seja escutando no seu iPod, no seu computador, no som do seu carro… Anyway, acho/espero que todo mundo tenha uma “trilha sonora” para aproveitar em suas férias! Eu sempre que entro de férias monto uma trilha sonora, muitas vezes bem específica (com um estilo só), ou uma bem eclética (com vários estilos). E nessas férias eu montei uma eclética, entre sons antigos e novos que andam ocupando a minha mente! Entre a minha trilha sonora estão as que se destacam, e é com essas que eu montei um álbum para você curtir comigo (ou me odiar), quem sabe. Mas ainda torço pra que você goste e aproveite os sons tanto quanto eu. Um beijo!

World.Music.Love (trilha de julho): http://www.mediafire.com/?4d7u7r45mld0cnt


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: